O segredo para não eliminar nada da sua alimentação está em comer de tudo um pouco. Sendo os fritos “persona non grata” da nossa alimentação, veja como pode fazer um uso mais correcto:

  • Atenção  à espessura do alimento: Quanto mais fino /estreito (ex. batata, peixe ou carne) maior a quantidade de gordura que irá ser absorvida. Por exemplo, as batatas cortadas em palitos absorvem ¼ da gordura retida pelas batatas às rodelas; Nas carnes e no peixe opte por postas mais altas e mais grossas;
  • Temperatura regulada: A fritura dos alimentos deve processar-se a 170-180ºC. Se o óleo vegetal estiver a baixa temperatura, a penetração de gordura é superior; As temperaturas mais altas aceleram a deterioração dos óleos;
  • Tudo absorvido: No final da fritura, escorra bem os alimentos e use o papel de cozinha para absorver o óleo vegetal em excesso;
  • Use, mas não abuse: Não use o óleo vegetal mais de 3 a 5 vezes, e verifique a sua cor antes de começar, pois assim que este começar a escurecer deve renová-lo imediatamente (se fritar batatas o óleo resiste mais tempo do que se fritar peixe). Antes de o guardar, filtre sempre e guarde-o num recipiente protegido da luz e do ar (tapado).

Maria Paes Vasconcelos
(nutricionista)

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votes)